É possível mitigar até 50% das emissões de CO2 do cimento sem expressivos investimentos

Artigo publicado na Nature Reviews Earth & Environment é assinado por grupo internacional de pesquisadores com a participação do professor Vanderley John, da POLI USP.

Abordagem inovadora envolvendo toda a cadeia de valor de materiais à base de cimento pode mitigar até 50% das emissões de CO2 sem exigir expressivos investimentos ou elevação de custos. Esta é a principal conclusão de artigo publicado pela “Nature Reviews Earth & Environment”, assinado por um grupo internacional de pesquisadores, tendo como único integrante brasileiro o professor Vanderley John, do Departamento de Engenharia de Construção Civil da Escola Politécnica da USP, coordenador do INCT CEMtec e do Hubic.

O artigo “Environmental impacts and decarbonization strategies in the cement and concrete industries” faz parte do conteúdo em pauta no journal “Nature Reviews Earth & Environment” – a mais nova iniciativa de publicações técnico-científicas seriadas pertencentes à Nature Research – e apresenta uma revisão sistemática original dos desafios e possibilidades para o produto que define a vida urbana moderna, o cimento, que consome cerca de 1/3 dos recursos naturais. A tarefa não é simples, pois o setor de cimento é responsável por cerca de 8% das emissões de gases do efeito estufa global.

Publicado no dia 22 de setembro de 2020, o artigo é assinado por sete pesquisadores internacionais:

  • Guillaume Habert – ETH Zurich
  • Sabbie Miller – U California Davis
  • Vanderley John – Universidade de São Paulo
  • J. L. Provis – U Sheffield
  • Aurelie Favier – ETH Zurich
  • Arpad Horvath – U California, Berkeley
  • Karen Scrivener – EPFL

Leia a matéria completa no site do CICS/USP.

Leia o artigo original (em inglês).



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *